6 novos SUVs em 1 mês: veja tudo deles e como os rivais se 'mexeram'

20/04/2015 19:10

HR-V, Renegade, 2008 e T6 entram no segmento que cresce em vendas.
Apesar de serem rivais, eles têm propostas diferentes uns dos outros.

Do G1, em São Paulo

Em 1 mês, 6 SUVs inéditos movimentam o mercado brasileiro: Honda HR-V, Jeep Renegade, Land Rover Discovery Sport, Lexus NX, Jac T6 e Peugeot 2008. O segmento dos utilitários esportivos é um dos raros que crescem em vendas - enquanto os emplacamentos de carros, no geral, só têm caído.

Apesar de serem rivais, esses novos modelos têm propostas diferentes uns dos outros. Veja abaixo as fichas, preços, galerias de fotos e a avaliação do G1. Saiba ainda como os líderes em vendas de SUVs, Ford EcoSport e Renault Duster, estão se mexendo para tentar se segurarem.

HONDA HR-V - de R$ 69,9 mil a R$ 88,7 mil

O carro foi relevado no Salão de São Paulo, em outubro passado, mas só chegou às lojas em março. Neste modelo inédito, a montadora diz que pretende entregar a robustez de um utilitário esportivo e o conforto de um sedã. E nada de vocação off-road: a Honda assume o perfil urbano do carro, que não tem versão com tração 4x4. Ele também não é "altão".

JEEP RENEGADE - de R$ 69,9 mil a R$ 116,9 mil

O Renegade marca a inauguração da fábrca da marca, em Goiana (PE). Apresentado no Salão de São Paulo, e com vendas abertas no último dia 10 de abril, ele começa a ter as primeiras unidades entregues aos clientes. Seu trunfo, além da capacidade off-road das versões 4x4, é a grande variedade de configurações: há câmbio manual de 5 marchas ou automático de 6 ou 9 velocidades e motores 1.8 flex de até 132 cavalos e diesel, de 170 cv.

LAND ROVER DISCOVERY SPORT - de R$ 179,9 mil a R$ 232 mil

Principal lançamento da Land Rover no ano, o Discovery Sport também será nacional, a partir do ano que vem. Até lá, ele chega importado da Inglaterra, inicialmente com motor 2.0 turbo a gasolina. Mais pra frente chega a versão com propulsor diesel. É uma opção para quem precisa transportar 7 pessoas e não abre mão de um bom desempenho fora-de-estrada.

LEXUS NX - de R$ 216,3 mil a R$ 236,9 mil

Com o objetivo de crescer de forma sustentável no Brasil, a marca de luxo que pertence a Toyota irá apostar suas fichas no SUV que chega como concorrente direto do Range Rover Evoque. Assim como o rival inglês, o SUV nipônico tem design arrojado, é recheado de equipamentos e traz sob o capô um motor turbo -no caso um 2.0 de até 238 cv, com injeção direta e indireta.

JAC T6 - de R$ 69.990 a R$ 75.690

A investida chinesa para o segmento vem com a filosofia do "mais por menos". Com tabela próxima a de Ford EcoSport e Renault Duster, ele aposta em porte de Hyundai ix35. São 4,48 m de comprimento e 2,65 m de entre-eixos, mais do que suficiente para acomodar bem cinco adultos. É o primeiro SUV da marca a ser vendido no país. Porém, até agosto do ano que vem, ele deve ganhar a companhia dos "irmãos menores", T5 e T3.

PEUGEOT 2008 - de R$ 67.190 a R$ 79.590

O SUV da Peugeot foi mostrado pela primeira vez ao público brasileiro no Salão de São Paulo do ano passado. Entre os três concorrentes em preço (Renegade e HR-V são os outros), é o que chega por último, e o que tem menor expectativa de vendas, com estimativa de emplacar 1,1 mil unidades mensais. Traz motores 1.6, aspirado, com opção de câmbio automático de 4 marchas, e turboflex, apenas com câmbio manual, de seis marchas.

E OS RIVAIS? O QUE FIZERAM?

FORD ECOSPORT - de R$ 66,9 mil a R$ 87,1 mil

Para tentar manter a liderança do segmento, a Ford criou uma nova versão do EcoSport. Por R$ 82,9 mil, a opção FreeStyle Plus 2.0 traz a caixa automatizada de dupla embreagem PowerShift, e tem no pacote de equipamentos, 6 airbags e bancos de couro. Esta é a oitava configuração possível para o SUV compacto.

RENAULT DUSTER - de R$ 62.990 a R$ 78.490

Prevista para acontecer desde o final do ano passado, a primeira reestilizaçao do Duster chegou ao mesmo tempo da pesada "nova concorrência". Partindo de R$ 62.990, ele deve brigar na parte mais em conta do segmento. Nas versões mais caras, fica defendo em refinamento e itens de série. É o atual vice-líder no segmento.

Novos SUVs (Foto: Arte/G1)

Manifeste sua opinião

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário