Chinesa Chery anuncia construção de polo automotivo em Jacareí, SP

20/05/2015 21:05

Parque de fornecedores deve se instalar nas imediações da montadora.
Previsão é que 5 mil empregos sejam gerados em 25 empresas.

Nicole Melhado | G1 Vale do Paraíba e Região

A montadora chinesa Chery anunciou nesta quarta-feira (20) a construção de um polo industrial automotivo vizinho à fábrica recém inaugurada em Jacareí, no interior de São Paulo. A previsão é que o complexo, que deve contar com a instalação de 25 empresas, seja inaugurado em dois anos e gere cerca de 5 mil empregos.

Fábrica da Chery de Jacareí foi inaugurada em agosto de 2014. (Foto: Divulgação / Chery)Fábrica da Chery de Jacareí foi inaugurada em agosto de 2014. (Foto: Divulgação / Chery)

O anúncio foi feito durante a visita do primeiro-ministro da China, Li Keqiang, à Exposição dos Equipamentos e Manufaturados da China, no Rio de Janeiro. A divulgação foi feita um dia depois do fechamento da montadora no Uruguai. A produção deve ser transferida para o Vale do Paraíba.

O projeto inicial do complexo automotivo prevê investimento de US$ 700 milhões, custeados pelas empresas. Segundo a Chery, 12 serão produtoras de autopeças, cinco afiliadas, duas sistemistas, duas logísticas e três de serviços em geral -- todas fornecedoras da montadora chinesa.

De acordo com o vice-presidente da Chery Brasil, Luis Curi, o projeto já existia desde o anúncio da construção da fábrica em Jacareí, em 2011. A unidade, inaugurada no último mês de agosto, tem cerca de 470 trabalhadores e produz o modelo Celer nas versões hatch e sedan.

O investimento na construção da unidade da Chery em Jacareí foi de US$ 530 milhões. A previsão é produzir 25 mil veículos em 2015.

Planejamento

Apesar da crise no mercado automotivo no Brasil, a multinacional acredita que o mercado automobilístico brasileiro volte a crescer nos próximos anos. “É um investimento necessário e imprescindível. Temos uma visão de longo prazo e acreditamos que as coisas voltarão ao normal. Pode parecer que não é o melhor momento, mas nosso planejamento é baseado em dados consistentes”, disse Curi.

Depois do fechamento da unidade da Chery no Uruguai, nesta terça-feira (19), a linha de montagem do SUV Tiggo será transferida para Jacareí. Além do mercado interno, a direção da montadora afirma que quer conquistar espaço na América Latina, particularmente em países como Argentina, Venezuela e Colômbia.

Empregos

A expectativa é que o parque de fornecedores da Chery absorva a mão de obra dispensada recentemente por montadoras da região após queda nas vendas.

Para o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Antônio Ferreira de Barros 'Macapá', esse será um investimento importante. “Este investimento é muito significativo em um momento de crise que vive nossa região e todo país. Espero que as empresas abram vagas de emprego de qualidade, que respeitem os direitos trabalhistas e o piso salarial local”, afirmou.

Manifeste sua opinião

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário