Michael Schumacher corre o risco de ficar deficiente físico

21/06/2014 16:06

Voz da Rússia

Michael Schumacher, sete vezes campeão da Fórmula-1, que em dezembro de 2013, se envolveu num grave acidente enquanto esquiava na estância de Meribel nos Alpes Franceses, corre o risco de não se recuperar por completo, informa a edição 20minuten, citando as palavras do neurocirurgião Erich Riederer.

“Que destino terá o famoso piloto? Ele corre o risco de se tornar deficiente físico, dependente de ajuda de outras pessoas. Gostaria de me enganar nas previsões, mas praticamente não há hipóteses de as lesões do género não deixarem graves sequelas . Michael passou seis meses na clínica, seus músculos estão atrofiados, o seu aspecto causaria espanto se alguém o pudesse ver tal como está agora. É difícil reconhecê-lo”, disse.

Como se sabe, em 2013, o piloto, esquiando, bateu com a cabeça numa pedra e entrou em coma, depois de levado para hospital regional de Grenoble, especializado no tratamento de lesões cerebrais.

No dia 16 de junho, Sabine Kehm, assessora de imprensa de Michael Schumacher, informou, em comunicado, que o piloto tinha saído do coma e sido transferido para o Hospital Universitário de Vaud, em Lausanne, na Suíça, para continuar o processo de reabilitação.

Manifeste sua opinião sobre essa matéria

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário