Motorista de ônibus que despencou de viaduto no Rio segue internado

22/09/2014 10:16

Élder de Oliveira está no Hospital Miguel Couto.
Acidente aconteceu na noite de sábado (20) e deixou 30 feridos.

Do G1 Rio

O motorista de um dos ônibus que despencou de um viaduto na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, na noite de sábado (20), seguia internado na manhã desta segunda-feira (22). Como mostrou o Bom Dia Rio, Élder de Oliveira, que está no Hospital Lourenço Jorge, na Barra, em estado grave, não tem previsão de alta. 

Élder sofreu ferimentos no tórax e na face. A Polícia Civil do Rio disse que vai requisitar imagens dos ônibus que se envolveram em acidente. A 16ª DP (Barra da Tijuca) afirma também que a perícia foi realizada no local e as vítimas estão sendo aguardadas para depor.

Segundo o Consórcio BRT, do qual os ônibus faziam uma linha alimentadora, todos os coletivos possuem câmeras internas, e as imagens serão cedidas assim que a Polícia Civil requisitar.

Outras oito pessoas internadas na unidade já tinham recebido alta na noite de sábado. Segundo o Corpo de Bombeiros, 30 pessoas ficaram feridas no acidente e apenas 10 precisaram de atendimento.

Ônibus cai em viaduto próximo a Cidade das Artes, na Barra, neste sábado (20) (Foto: Fabio Rossi / Agencia O Globo)Ônibus cai em viaduto próximo a Cidade das Artes, na Barra, neste sábado (20) (Foto: Fabio Rossi / Agencia O Globo)

Motorista teria sido 'fechado'

Um ônibus da linha 863 (Barrashopping - Rio das Pedras) seguia pela Avenida Ayrton Senna, com destino ao Terminal Alvorada. Quando passava pelo viaduto, o coletivo caiu no mergulhão Billy Blanco, uma passagem localizada na Barra da Tijuca, atingindo a frente de outro ônibus, da linha da linha 888A (Alvorada - Joatinga) . Segundo a Guarda Municipal, testemunhas relataram que o ônibus que caiu do viaduto teria levado uma "fechada" antes de o motorista perder o controle.

Ambos os veículos integram as chamadas linhas alimentadoras do BRT, sistema de corredores exclusivos para o transporte coletivo. Os ônibus das linhas alimentadoras saem de bairros periféricos, levando passageiros até o corredor expresso.

Por volta das 22h, equipes se preparavam para iniciar, com um guincho, a tentativa de levantar o ônibus que caiu. O trânsito na via ficou interrompido até 1h de domingo.

Em nota, o Consórcio BRT informou que "vai colaborar com as investigações e vai aguardar a conclusão da perícia sobre as causas do acidente". Ainda segundo o consórcio, "as empresas operadoras prestarão assistência às vítimas".

Manifeste sua opinião sobre essa matéria

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário