Renault quer Sandero 'esportivo de verdade' por menos de R$ 60 mil

04/04/2015 11:20

Versão RS chega ainda no segundo semestre deste ano. 
Modelo será o 2.0 do Duster, mas preparado para render mais de 150 cv.

André Paixão | G1, em Campinas (SP)

Focada em lançar a picape derivada do Duster ainda este ano, a Renault também prepara sua entrada em um segmento de menor volume, mas de grande apelo emocional. Com estreia marcada para o segundo semestre, o Sandero RS chega para ser um dos esportivos mais acessíveis do país.

“Estamos trabalhando para que o carro seja vendido abaixo dos R$ 60 mil”, afirmou Bruno Hohmann, diretor de marketing da Renault. O modelo conta com desenvolvimento brasileiro, com suporte da divisão esportiva RS, na França.

sandero rs

Sob o capô, nada de downsizing ou turbo. A Renault fará um esportivo “à moda antiga”, e apostará no motor 2.0 aspirado vindo do Duster. O propulsor, que ganhou mudanças para equipar a linha 2016 do SUV, passará por ajustes para render ainda mais no hatch.

A potência, que antes era de 143 cavalos, e passou para 148 cv no Duster, deve superar os 150 cv. “Fizemos um pouco mais de pressão na engenharia, para termos uma potência ainda maior”, brinca o executivo.

Se a previsão da marca se confirmar, o Sandero RS será um dos “esportivos de verdade” mais baratos do país. O Punto T-Jet, por exemplo, começa em R$ 65,9 mil. Ele tem motor 1.4 turbo de 152 cv.

Outro concorrente que chega este ano, o Volkswagen Up com motor 1.0 TSI de mais de 100 cv deve brigar pelo posto com o Renault.

Hoje, a versão mais cara do Sandero, Stepway, parte de R$ 51.350. Ela vem com motor 1.6 de até 106 cv.

Volta da GT Line

Além do Sandero RS, a nova geração do hatch deverá ter de volta opções com apenas o visual esportivo.

Antes do “banho de loja”, que o modelo sofreu, em julho do ano passado, ele contava com a opção GT Line. Ela deve retornar, para reforçar a gama de versões.

Picape sem nome

Renault Duster Oroch, showcar exibido no Salão de São Paulo (Foto: Divulgação)Renault Duster Oroch, showcar exibido no Salão de São Paulo (Foto: Divulgação)

Todas as atenções da Renault, entretanto, estão voltadas para a nova picape. "Nos próximos meses, começaremos uma ofensiva onde não atuávamos antes", afirmou Olivier Murguet, Vice-Presidente Sênior e Presidente do Conselho da Região Américas.

O modelo, que criará um novo segmento nas picapes, acima da Strada, mas abaixo da S10, ainda não tem nome definido. A receptividade de Oroch, batismo do showcar exibido no Salão de São Paulo, de acordo com executivos da marca, foi boa, porém, ele pode aparecer após o prenome Duster. "A marca Duster já é reconhecida pela robustez", diz o diretor de marketing.

Manifeste sua opinião

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário