Fuvest e Uerj marcam vestibular para o mesmo dia e frustram estudantes

24/08/2014 16:07

Provas serão no dia 30 de novembro. 
Aluna cria abaixo-assinado para pedir a mudança de datas.

Vanessa Fajardo | G1, em São Paulo

Uma aluna do terceiro ano do ensino médio da cidade de Guaratinguetá, no Vale do Paraíba, em São Paulo, criou um abaixo-assinado online para pedir que a Fuvest e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) mudem suas datas de provas para o vestibular 2015. Ambas vão aplicar exames no mesmo dia, em 30 de novembro. A Uerj fará pela manhã o exame discursivo, etapa final do processo seletivo, em cidades do estado do Rio de Janeiro. A Fuvest aplica no início da tarde a primeira fase do vestibular que seleciona estudantes para a Universidade de São Paulo (USP), apenas em municípios paulistas. As universidades alegam que alteração nas datas seria inviável e que o calendário será mantido.

Marianna Averaldo, de 17 anos, teve a ideia de criar o documento depois de perceber que a coincidência de datas vai afetar não só a sua vida, mas a de muitos de seus amigos. “Ficamos revoltados e vimos que ia prejudicar muita gente. Um dos nossos professores escreveu um post para que todos pudessem compartilhar no Facebook, mas pensei em algo para atingirmos mais gente.”

Até as 15h desta sexta-feira (22), o abaixo-assinado inserido no site change.org tinha 1.290 assinaturas. Não há meta de número de assinantes, nem prazo para que o documento expire.

Segundo Marianna, no momento da criação do documento foram cadastrados e-mails de representantes da Fuvest e Uerj que recebem relatórios à medida que o número de assinaturas cresce.

"Recebemos assinaturas do Sul e do Norte do país, tem muita gente de outros estados que vai fazer as provas, não é só no Rio ou em São Paulo", diz Marianna, que quer fazer faculdade de ciências sociais. "Estudamos durante três anos para realizar o sonho de entrar na faculdade. O Brasil fala da melhora da educação, por meio da democratização, mas isso é contraditório, porque neste caso há uma regionalização", afirma.

Mesmo classificada para a segunda fase da Uerj, Mariana pretende participar também do vestibular da Fuvest, que abriu nesta sexta-feira o prazo de inscrições. Caso não haja mudanças nas datas, ela terá de optar por uma das provas. "Será uma escolha muito difícil, estou querendo ser otimista para não ter que decidir isso agora."

Datas serão mantidas, dizem instituições

A assessoria de imprensa da Fuvest afirmou que o calendário de datas dos vestibulares é definido com outras sete instituições do Estado de São Paulo para que não haja coincidência de datas e que uma mudança seria inviável, pois afetaria as demais universidades. Ainda de acordo com a Fuvest, a reunião que fechou as datas deste ano foi realizada com muita antecedência, no dia 28 de abril.

A Uerj informou, em nota, que não há possibilidade de alteração da data dos exames discursivos, pois as escolas que vão servir como locais de prova já estão com o dia reservado. "Em 2014, devido ao evento da Copa do Mundo, o calendário acadêmico da Uerj foi atípico. Desta forma, para o cumprimento dos demais prazos estabelecidos nos calendários do vestibular e acadêmico da universidade, a data não será alterada."

Manifeste sua opinião sobre essa matéria

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário