Novo site vai receber onlline denúncias de pirataria; veja como denunciar

02/12/2014 10:42

Perda com mercado de falsificações no Brasil foi de cerca de R$ 30 bilhões em 2012, dado mais recente do Fórum Nacional contra a Pirataria e a Ilegalidade.

Bom Dia Brasil

Vai ser lançado nesta terça-feira (02) um piratômetro, um sistema para mapear as compras online de produtos piratas. Inclusive vai servir de base para operações da Receita e Polícia Federais. É uma nova frente de batalha das empresas de marcas conhecidas, que até agora só tinham as estatísticas das vendas físicas de mercadorias falsificadas.

O que não falta é produto pirata. E tem gente que leva ou levava.

Esdras Santos, analista de T.I.: Quem nunca, né? Que atire a primeira pedra.
Bom Dia Brasil: Levou muito, já, então?
Esdras Santos: Já, já. Já sim. Mas hoje, não mais.

Joci Buturi, auxiliar de cobrança: Foi bolsa. Ela rasgou na mesma semana. 
Bom Dia Brasil: Pagou quanto
Joci Buturi: Acho que eu paguei R$ 60.
Bom Dia Brasil: A original, acha que custava quanto?
Joci Buturi: Acho que R$ 20 a mais.

A perda com esse mercado de falsificações no Brasil foi de cerca de R$ 30 bilhões em 2012, que é o dado mais recente do Fórum Nacional contra a Pirataria e a Ilegalidade.

Só que, além da venda de falsificados nas ruas, o mercado de produtos pirateados pela internet está preocupando cada vez mais as empresas. Isso porque as vendas online crescem significativamente no país. Acima de 30%, no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. E junto com o comércio legal vem também a ilegalidade.

O prejuízo das empresas com os produtos falsificados chegou a R$ 800 milhões no ano passado. Isso sem contar os impostos que deixam de ser arrecadados.

Todos os pacotes de menos de três quilos vindos de outros países passam por um galpão dos Correios em Curitiba. O volume de encomendas vindas da Ásia dobrou no fim do ano passado. O espaço teve que ser duplicado este ano, e uma nova ampliação deve ficar pronta no ano que vem.

Para evitar as remessas piratas, entra no ar nesta terça-feira (02) um site para receber denúncias: o medidor de pirataria na internet. “Nós poderemos e vamos utilizar esse instrumento para notificar os sites e, em uma graduação, até uma notificação judicial, se as empresas assim entenderem. Nós vamos identificar o indício de ilegalidade e vamos investigar a origem disso e tomar as providências”, diz o presidente do Fórum Nacional contra a Pirataria Edson Luiz Vismona.

 Clique aqui e acesse o Piratômetro

Manifeste sua opinião

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário