Tesouro arqueológico com 350 peças é encontrado no litoral de São Paulo

11/11/2014 11:18

Moeda da época imperial brasileira foi encontrada em Santos, SP.
Peças foram levadas para o Centro de Pesquisas Arqueológicas.

Mariane Rossi | G1 Santos

Um vasto tesouro arqueológico foi encontrado durante as escavações para a implantação do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) em Santos, no litoral de São Paulo. Entre os cerca de 350 objetos estão garrafas, pedaços de vidros, porcelana e até uma moeda rara da época imperial brasileira.

Moeda da época do Império foi encontrada nas escavações (Foto: Manoel Gonzalez/Arquivo Pessoal)Moeda da época do Império foi encontrada nas escavações (Foto: Manoel Gonzalez/Arquivo Pessoal)

As peças foram encontradas durante os trabalhos de análise e escavações, com profundidade que variam entre 20 e 50 cm, nas obras do VLT e de um novo teleférico na cidade, entre outros pontos. Os funcionários da ArqueoEnviroment, empresa que presta serviço de prospecção arqueológica e educação patrimonial, coletaram todos os objetos para análise.

O arqueólogo Manoel Gonzalez, que coordenou os trabalhos, diz que 355 peças foram encontradas nas obras do VLT. Entre eles, estão moedas, ferraduras, louças, garrafas e fragmentos de vidro e de barro e porcelana. “As mais antigas foram as garrafas do século XVIII. O objeto mais raro que encontramos foi uma moeda do tempo do império”, diz ele.

As peças encontradas podem trazer informações sobre a comunidade que habitava certos locais, os hábitos e costumes, além de garantir a preservação do patrimônio e memória histórica local. “Santos, por si só, é um imenso sítio arqueológico devido à sua importância e ocupação. As peças encontradas remontam uma ocupação desde o século XVIII até os dias de hoje, mostrando como foi a transformação dessa sociedade”, explica Gonzalez. Para ele, o encontro das peças significa que havia uma ocupação anterior à implantação da antiga linha férrea naquele local. Já as peças mais recentes vieram de aterros e obras da própria linha.

Por serem históricas, as peças necessitam de todo o cuidado, desde o manuseio inicial até seu armazenamento. As 350 peças encontradas foram levadas para o Centro Regional de Pesquisas Arqueológicas. Elas foram catalogadas, guardadas na reserva técnica e estão à disposição de pesquisadores e do público em geral.

Peças encontradas durante as escavações (Foto: Manoel Gonzalez/Arquivo Pessoal)Peças encontradas durante as escavações (Foto: Manoel Gonzalez/Arquivo Pessoal)

Manifeste sua opinião

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário